INTERBUSS | Porque transporte é vida! | Página principal Missão e valores Anuncie! | Ônibus de Campinas

 PARANÁ | Ferroeste bate recorde de transporte de cargas em 2016

Por: Notícias Portal InterBuss / Portal InterBuss
A Ferroeste fechou o ano de 2016 com recordes no transporte de cargas e no faturamento. Os trens da empresa movimentaram no período um volume 12,5% superior ao do ano anterior. Os resultados na movimentação de cargas e no faturamento em 2016 foram também os melhores em comparação com os últimos seis anos.
O volume total de cargas transportadas foi de 827 mil toneladas. O transporte no fluxo interno de mercadorias, entre Cascavel e Guarapuava, representou 47% desse resultado, um recorde.
Este fluxo também bateu recorde de produtividade considerando os anos de gestão do atual governo. Em relação a 2015, o crescimento do fluxo interno foi de 39%, o que representa 387 mil toneladas ante 279 mil toneladas no ano anterior.
“A Ferroeste tem cumprido seu papel para a integração logística do Paraná. Com uma gestão profissional e novos investimentos os resultados estão aparecendo”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.
De acordo com a diretoria de Produção da Ferroeste, os setores de exportação e importação representaram 53% de todo o transporte de bens feito na ferrovia durante o ano de 2016.
O volume de exportações, com destino ao Porto de Paranaguá, correspondeu a 33% das operações da Ferroeste, enquanto as importações com destino ao interior do Estado representaram 20% da movimentação de cargas no período.
O faturamento da empresa acompanhou o crescimento no volume de cargas e apresentou desempenho 23% maior do que em 2015. Esse resultado também é recorde nos últimos seis anos.
Cargas
As cargas mais representativas nos resultados da empresa ao longo de 2016 foram a soja, os contêineres frigorificados e o cimento, sendo que 40% da movimentação total corresponde à soja (322 mil toneladas), 24% aos contêineres (200 mil) e 15,4% ao cimento (136 mil).
“Buscávamos um crescimento ainda mais agressivo, mas a captação de cargas foi impactada pela quebra da safra de milho no segundo semestre do ano passado”, ressalta o diretor de Produção, Rodrigo César de Oliveira.
Parte dos resultados positivos, segundo ele, foram influenciados pela entrada em operação da nova frota de ativos da empresa, que gerou um aumento de 80% na capacidade de tração.
Em 2015, a Ferroeste, com o apoio do Governo do Estado, adquiriu cinco locomotivas MX 620 e 364 vagões graneleiros. Atualmente a ferrovia opera com 15 locomotivas.
Recorde
Para a safra 2016/17, a Ferroeste espera uma movimentação recorde. Os resultados devem contribuir para a projeção agressiva de crescimento que a área comercial da empresa está fazendo para o período. A expectativa é que a ferrovia transporte mais de um milhão de toneladas em 2017.
• Fonte: Redação Bonde com AEN


 VEJAMAIS


INTERBUSS | Porque transporte é vida! | Página principal Missão e valores Anuncie! | Ônibus de Campinas