INTERBUSS | Porque transporte é vida! | Página principal Missão e valores Anuncie! | Ônibus de Campinas

VOTE NO PRÊMIO INTERBUSS 2017! CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR

 RIO DE JANEIRO | Prefeito do Rio diz que até junho problemas da racionalização de linhas urbanas será solucionado

Por: Notícias Portal InterBuss / Portal InterBuss
O prefeito do Rio Marcelo Crivella disse neste domingo (14), que espera até junho ter solucionado os problemas da resultantes do programa de racionalização das linhas de ônibus urbanas, iniciado no governo passado. Ele disse que recebe reclamações constantes dos usuários do transporte público e estava devendo uma solução.
“Tenho cobrado a Secretaria Municipal de Transportes semanalmente. As pessoas me cobram na rua e eu cobro deles. Na Zona Sul, as pessoas se confundiram e reclamam da falta do ônibus das linhas 571 e 572. Na Zona Oeste também reclamam. A Secretaria está fazendo consultas às empresas e ao público. Eu espero que no máximo até o mês de junho a gente possa resolver isso. Realmente, nós estamos devendo isso à população”, disse Crivella.
O prefeito aproveitou o Dia das Mães para visitar a Maternidade Maria Amélia Buarque de Hollanda, no Centro do Rio, onde fez a entrega de cem fraldas para os bebês recém-nascidos. A maternidade, que completa cinco anos nesta semana, está lançando o projeto “Prepare – Redução da Prematuridade a partir de Cuidados na Pré-eclâmpsia”, programa brasileiro voltado para redução da prematuridade, partos realizados antes de ao menos 37 semanas de gestação.
Crivella também comentou sobre o convocação feita na sexta-feira (12) dos planos de saúde para que paguem parte de suas dívidas com serviços prestados à população, como cirurgias de baixa complexidade. O prefeito calcula que hoje a dívida dos planos de saúde com o município esteja na casa de R$ 1 bilhão.
“Demorou um bocadinho para não termos os problemas que aconteceram em São Paulo, como várias ações do Ministério Público e do Tribunal de Contas. Chegamos finalmente a um acordo com os planos de saúde: eles irão nos atender em consultas, exames e cirurgias, com a tabela SUS. Isso é muito importante frisar. O primeiro que está conosco e que já vai começar a fazer intervenções é a Unimed. Vamos fazer oito mil cirurgias de cataratas. Ainda é pouco diante da fila para as cirurgias, mas vai nos ajudar a colocar a fila em dia”, disse o prefeito.

• Com informações do G1 Rio de Janeiro.


 VEJAMAIS


INTERBUSS | Porque transporte é vida! | Página principal Missão e valores Anuncie! | Ônibus de Campinas