Aplicativo agiliza reservas de voos executivos

Aplicativo agiliza reservas de voos executivos

02/02/2018 0 Por Notícias Portal InterBuss

• Com informações da assessoria da Airshuttle.

A Airshuttle lança aplicativo pioneiro para reserva de voos executivos. A empresa conta com mais de 100 aeronaves cadastradas no sistema, todas vistoriadas por ela e operadas por táxis-aéreos homologados pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

A empresa oferece os serviços em todo território brasileiro, e o cliente pode acessar a área de reserva pelo site da empresa (www.airshuttle.com.br) ou baixar o aplicativo no Google Play e em breve também na Apple Store.

“Contamos com aviões mono e bimotores, a jato, turbo-hélices e com motores convencionais. A companhia também dispõe de reservas para helicópteros mono e biturbina, com fornecedores em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Goiânia, Belo horizonte, Cuiabá, Curitiba e Porto Alegre. Nossa missão é oferecer o melhor para nossos clientes, da maneira mais inteligente”, ressalta Shailon Ian, presidente da Airshuttle e engenheiro aeronáutico formado pelo ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica).

A companhia oferecerá ainda voos compartilhados entre São Paulo e capitais como Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Curitiba, além da oferta dos serviços para o litoral de São Paulo (Ilhabela, São Sebastião, entre outras localidades) e Rio de Janeiro (Angra dos Reis e outras cidades). “Temos ainda ofertas entre Salvador e Morro de São Paulo, além de voos panorâmicos”, explica Shailon Ian.

Todas as aeronaves são vistoriadas e aprovadas pela companhia antes de poder ter seus voos ofertados. O engenheiro esclarece que os voos e horários não são fixos e são definidos pelo cliente que faz a primeira reserva. Este cliente pode então compartilhar seu voo, gerando as ofertas no site e nos aplicativos. “A reserva de um novo voo não listado deve ser feita com o mínimo de 48h de antecedência. A confirmação se dá 24h antes do voo. A partir desse momento, qualquer cancelamento é passível de multas, dependendo das regras de cada operador”.

Após a solicitação do voo, o cliente será contatado por um profissional da Airshuttle, que detalhará a demanda. Nesse momento oferecerá a opção de compartilhamento, trazendo maior economia na viagem.

Outra opção são os voos de aproveitamento, as “empty legs”. Nesse caso os assentos são oferecidos a preços bastante competitivos como ocorreu recente de um voo entre Belo horizonte e São Paulo em um helicóptero bimotor com o assento oferecido a R$ 500,00. “Nestes casos os preços são muito competitivos e o cliente pode otimizar seu tempo, chegando 20 minutos antes do voo e não 1h como tem sido comum nas grandes cidades”, reforça o engenheiro. “O cliente pode ainda solicitar um voo para qualquer localidade do Brasil ou do exterior por meio do formulário no aplicativo ou no site”, afirma Shailon Ian.

Sobre a Airshuttle
A companhia nasceu para otimizar o tempo dos seus clientes em seus deslocamentos, seja a lazer ou a negócios, para os principais aeroportos do Brasil. Todas as aeronaves são autorizadas para a operação e são operadas por empresas homologadas pela ANAC e vistoriadas pela Vinci Aeronáutica.