Passageiros reclamam de superlotação em linha de Presidente Prudente/SP

Passageiros reclamam de superlotação em linha de Presidente Prudente/SP

28/02/2018 0 Por Notícias Portal InterBuss

• Com informações do G1 Presidente Prudente.

Os usuários que utilizam o serviço de transporte coletivo urbano em Presidente Prudente, na linha Brasil Novo x Distrito Industrial, estão insatisfeitos com a superlotação no horário das 15h30.

A professora Renata Prates, de 36 anos, leciona na Escola Técnica Estadual “Professor Dr. Antônio Eufrásio de Toledo” (Etec). Segundo ela, a sua maior preocupação é com a segurança alunos por causa da lotação.

“Nesse mesmo horário, havia outro ônibus, que foi retirado”, afirmou a educadora ao G1.

Renata relatou que com a retirada do outro ônibus que fazia a linha no mesmo horário a quantidade de pessoas que usam o transporte dobrou.

“Já faz três semanas que eu vou embora de moto por conta da lotação no coletivo”, contou o auxiliar de apoio Luís Alex Escaioni, de 43 anos. Ele disse que antigamente, com dois ônibus, a situação era mais fácil.

“Não tem condições de esperar o outro veículo porque ele chega mais tarde. Preferi gastar um pouco mais e vir de motocicleta”, relatou Escaioni ao G1.

A insatisfação do diretor da Etec, Claudemir Monteiro Lima, de 44 anos, é com a retirada do transporte no horário, pois a mudança ocasionou diversos problemas aos estudantes. Ele entrou em contato com a Secretaria Municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública (Semav) de Presidente Prudente, para que o caso fosse resolvido.

“Eles alegaram que até esta segunda-feira (26) mandariam um veículo a mais”, disse o diretor ao G1.

A falta de cobertura no ponto de ônibus é outro problema que incomoda as pessoas que dependem do transporte. Em dias de chuva, os alunos atravessam a rodovia e ficam em um estacionamento em frente à escola.

“Há muitos anos estamos solicitando ao poder público um ponto de ônibus coberto também, mas até agora não foi feito nada”, finalizou o diretor.

Empresa de ônibus

Procurada pelo G1 para posicionar-se oficialmente sobre o assunto, a advogada Renata Moço, porta-voz da empresa Company-Tur Transporte e Turismo Ltda., concessionária responsável pelo transporte coletivo, informou que são feitos monitoramentos constantes nos itinerários.

A advogada afirmou que o problema da alta demanda neste horário já chegou ao conhecimento da empresa, que tomou as devidas providências junto à Semav.

Ela reiterou que a concessionária agradece aos usuários pelas informações que agilizam a tomada de medidas para melhorar o atendimento de demandas de passageiros em determinados horário e itinerário, como é o caso.

“Contamos com esse auxílio e qualquer problema apresentado no seu itinerário estamos à disposição para ouvir e melhorar a cada dia mais o transporte público municipal. Não hesitem em nos contatar pelo telefone: (18) 2101-9300”, informou a advogada ao G1.

Prefeitura

Já a Prefeitura de Presidente Prudente informou ao G1, por meio da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), que nesta terça feira (27) funcionários da Secretaria de Obras e Serviços Públicos e da Semav serão informados sobre a falta de cobertura no ponto de ônibus no local, para que as providências sejam tomadas com urgência.