Ônibus da Trans Brasil é resgatado pelo Exército após ficar atolado por uma semana no Amazonas

Ônibus da Trans Brasil é resgatado pelo Exército após ficar atolado por uma semana no Amazonas

19/04/2018 0 Por Notícias Portal InterBuss

• Com informações do G1 Amazonas.




Um ônibus com passageiros passou uma semana atolado no interior do Amazonas, durante uma viagem pela rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho (RO). Vinte pessoas estavam no local desde o dia 11 de abril e foram resgatados nesta quarta-feira (18), pelo Exército.

O pedido de ajuda foi encaminhado para o Comando Militar da Amazônia (CMA), que enviou ao local uma equipe da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, localizada no município de Humaitá, a 590 km de Manaus, na manhã de terça-feira (17).

Antes da chegada do Exército, outros 10 passageiros que estavam no ônibus tinham conseguido retornar para Manaus por meio de caronas. As pessoas que continuaram na estrada se alimentaram de doações de quem passavam pela rodovia.

Segundo o autônomo Elessandro Amaral da Cunha, a esposa e o filho seguiram viagem na quarta-feira (11) para visitar um parente que estava doente. Ele pagou R$ 480 por duas passagens.

A viagem normalmente dura cerca de um dia, mas seis dias depois os familiares de Cunha ainda não tinham chegado à capital de Rondônia.

O autônomo afirmou que a última vez que tinha conseguido contato com a esposa foi no dia da partida. Cunha disse que ficou sabendo do incidente por outro passageiro que conseguiu carona até Manaus.

“Recorri a qualquer informação que eu obtivesse aqui na empresa e a única coisa que eles respondiam era que o ônibus havia quebrado”, disse Cunha, ao afirmar que registrou boletim de ocorrência e deve entrar com ação na Justiça.

Infraestrutura

Durante o inverno amazônico, a situação da rodovia, que não é asfaltada, fica mais crítica. O trecho do meio da rodovia, que tem mais ou menos 400 km, é considerado o mais complicado.

O responsável pela empresa de ônibus afirmou à Rede Amazônica que havia enviado um outro ônibus para resgatar os passageiros.

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) informou que mantém equipes na rodovia, e que durante o período de chuvas alguns trechos são interditados.