Ônibus urbanos da Suzantur em São Carlos passam a contar com sistema de biometria facial

Ônibus urbanos da Suzantur em São Carlos passam a contar com sistema de biometria facial

23/04/2018 0 Por Notícias Portal InterBuss

• Com informações do G1 São Carlos.




Os veículos da Suzantur, que faz o serviço de transporte coletivo de São Carlos (SP), começaram nesta segunda-feira (23) a contar com um sistema de biometria facial. O sistema fará a fiscalização e o reconhecimento do usuário na catraca por meio de um programa de computador.

A medida vem para auxiliar no controle de fraudes em relação ao uso de cartões de passageiros que têm benefícios, como gratuidade e descontos. Em alguns casos os bilhetes são usados de maneira compartilhada e pessoas que não têm direito acabam sendo subsidiadas pela Prefeitura.

Com implantação do sistema, somente o titular do cartão poderá usá-lo. Uma câmera que fica ao lado da catraca fará a biometria do rosto do usuário para comparar às fotos que estão cadastradas no sistema da Suzantur.

A medida será aplicada apenas para deficientes, estudantes e idosos. O reconhecimento não valerá para trabalhadores que usam vale-transporte ou outra modalidade de cartão.

“A ideia é diminuir os custos que a prefeitura pagava dos repasses para empresa e controlar as fraudes”, explicou o coodenador operacional da Suzantur, Thyago Henrique Genari.

Suspensão

Caso o sistema de reconhecimento não identifique a face do titular do cartão, o bilhete ficará suspenso por 30 dias e o usuário deve ir à Busfácil, na Avenida São Carlos, 1781, pagar o valor correspondente à segunda via do cartão para voltar a ter direito de usá-lo.

Se houver reincidência, a suspensão do benefício passa a ser de um ano. Em caso de terceira ocorrência, o usuário perde direito ao subsídio ou gratuidade.

Sistema de Monitoramento

Além do sistema de reconhecimento facial, a Suzantur instalou nesta semana um painel de monitoramento das linhas na Secretaria de Transporte e Trânsito.

O sistema também transmitirá as informações sobre as linhas, locais e trajetos dos coletivos ao aplicativo CittaMobi, que pode ser pelo passageiro no smartphone, para acompanhar o serviço.