Casa atingida por ônibus da Viação Araçatuba furtado por adolescente tem novos problemas

Casa atingida por ônibus da Viação Araçatuba furtado por adolescente tem novos problemas

03/05/2018 0 Por Notícias Portal InterBuss

• Com informações do G1 São Carlos.




Uma das paredes da casa atingida por um ônibus na segunda (30), em São Carlos (SP), terminou de cair nesta quinta-feira (3). A empresa dona do veículo havia afirmado que o seguro cobriria os custos da reforma, que vai ficar em cerca de R$ 5 mil. Contudo, agora a empresa estuda uma possibilidade de ajuda.

O agente de saúde Luiz Carlos Barbosa ainda não sabe como vai resolver o problema, já que não tem dinheiro para a obra. Ele teve que improvisar tapumes que ganhou para diminuir o vento que tem entrado na casa.

Decepção

Barbosa ficou decepcionado já que imaginou que não teria que gastar nada, depois que o encarregado da Viação Araçatuba, Ari César Silvério, garantiu a cobertura do seguro.

“O pedreiro já vem, faz o orçamento da casa para já iniciar a construção do que foi destruído, porque o a empresa tem seguro, seguro de terceiro é todo coberto”, disse à EPTV no dia do acidente.

Três dias depois do acidente uma parede que estava torta acabou de cair e os escombros ainda estão pelo chão.“A empresa nunca mais apareceu, retirou o ônibus e não voltou mais. O dono ligou e falou que o seguro não cobria e que poderia me dar uma ajuda social, agora não entendi o que ele quis dizer com ajuda social”, disse.

Acidente após furto de ônibus

O acidente aconteceu na madrugada de segunda-feira. Um adolescente de 17 anos furtou o ônibus na rodoviária de Ribeirão Bonito, andou mais de 40 quilômetros até o ônibus bater em um poste e parar em cima da casa, no Jardim Gonzaga. Ele apanhou de moradores e depois de ser ouvido pela polícia foi liberado.

Agora o agente de saúde pensa em resolver o caso na Justiça. “Fui consultar um advogado, ele disse para pegar uma cópia do boletim de ocorrência, relatório dos bombeiros, Defesa Civil, para poder fazer uma representação judicial”, afirmou.

Em nota, a Viação Araçatuba explicou que, diferente do que o funcionário falou na segunda, o seguro não cobre os danos da casa, porque não foram causados por um funcionário da empresa e sim por um adolescente infrator. Informou ainda que estuda a possibilidade de ajudar o morador a reformar a casa.