Candidato à reeleição, Márcio França promete ampliação da malha ferroviária para passageiros em São Paulo

Candidato à reeleição, Márcio França promete ampliação da malha ferroviária para passageiros em São Paulo

30/09/2018 0 Por Notícias Portal InterBuss

• Com informações do G1 Santos.

O candidato do PSB ao Governo de São Paulo, Márcio França, fez campanha, neste sábado (29), em Santos e Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ele afirmou que, se eleito, vai expandir o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) a outras cidades, inclusive no interior, e agilizar o processo de adoção no Estado.

Ele chegou a Santos no início da manhã e fez uma visita técnica na estação Bernadino de Campos do VLT. No terminal, ele embarcou em uma composição e seguiu até o ponto final da linha, na Estação Barreiros, em São Vicente, onde afirmou que quer expandir o serviço no litoral e no interior.

“O transporte de trilho é o mais eficiente, mais rápido e mais barato. Nós já estamos programados para fazer [prolongamento da linha] a Área Continental de São Vicente, Praia Grande e litoral sul e, agora, Guarujá com a ponte [que vai interligar a Santos]”, afirmou, durante entrevista ao jornalistas.

Segundo França, a construção do VLT é rápida. “Esse tipo de transporte é muito mais barato que metrô, dá para fazer em várias regiões, como Campinas e Jundiaí. É uma extensão importante e esse modelo pode servir em várias regiões metropolitanas. O trem é aquele que tem mais futuro”.

Em seguida, o candidato fez uma pausa para um café e seguiu a Praia Grande, onde visitou a Paróquia Nossa Senhora das Graças, conhecida na região. A comitiva encerrou a campanha no litoral em uma entidade na cidade que apoia a adoção de crianças e auxilia para agilizar o processo.

“Eu criei uma relação com essas pessoas, eles têm um trabalho muito bonito de incentivar a adoção no Estado. Ela [a adoção em São Paulo] é a maior do Brasil, mas nós podemos agilizar isso com profissionais técnicos competentes que possam ser colocados à disposição do Estado”, afirmou.

Márcio França propôs a criação de convênio para auxiliar o trabalho do Judiciário na assistência social. “Normalmente, é feito por OS [organização social], pois você tem um jeito mais fácil e mais ágil de contratar. O Poder Judiciário tem colaborado, mas nós queremos que a adoção em São Paulo seja mais rápida e mais frequente”, afirma.

Após a visita à entidade, o candidato retornou à capital paulista, onde participou de um debate televisivo.