Motorista distribui doces para crianças em ônibus urbano de Blumenau

Motorista distribui doces para crianças em ônibus urbano de Blumenau

14/10/2018 0 Por Notícias Portal InterBuss

As crianças que pegaram um dos ônibus de Blumenau, interior do estado de Santa Catarina, na semana passada, teve uma grande surpresa: ganhou doces de um motorista muito especial.

Os olhos arregalados das crianças denunciam: tem um pote de balas e pirulitos no ônibus. Se o primeiro gesto é de desejo, o segundo é de respeito. Mesmo com a permissão do motorista, os pais precisam autorizar.

Quando a piscada consentindo vem, a mão se enche de doces e o sorriso aparece. As guloseimas são entregues por ninguém menos que um dos principais personagens dessa época do ano em Blumenau, o fritz.

Pode parecer uma cena típica de sábado no Centro, com aquelas ações promocionais, mas não é. A atitude singela é do motorista José Almir Dias, nascido em Blumenau e que atua há 17 anos no transporte coletivo do município.

Para ele seria mais um feriado de trabalho, cheio de idas e voltas entre os terminais Fonte e Velha, só que desde 2013 o Dia das Crianças é também de diversão. Ele reserva do salário cerca de R$ 200 para comprar tudo o que será distribuído ao longo do dia.

— Eu faço para deixar os pequenos felizes — conta entusiasmado.

Entre um ponto e outro, uma parada e outra, o pote se abre, para alegria de pequenos como a Lauana, Maria Vitória, Michael e o Natanael. Esse último, que o ônibus nem bem tinha estacionado, já indicava para mãe o que queria.

Contido, o menino de apenas cinco anos pegou só um pirulito e uma bala. Açúcar todo dia não é bom, mas numa data especial, tudo bem. É o que defendem as responsáveis pelos pequenos a cada mimo que eles recebiam.

Dizem que onde tem criança feliz, tem mãe feliz. E não foi diferente no ônibus conduzido por Almir. A Tamires Bernardino voltava para casa com as filhas, depois de um passeio, quando a família foi surpreendida com a entrega das guloseimas.

As pequenas estavam animadas. Nem tinham se acomodado ainda e já abriam as embalagens.

— Nunca vi isso antes, mas é bem legal — afirma a mãe. As informações são do NSC Total.