Estudantes de Itapetininga têm que andar de ônibus escolar em pé

Estudantes de Itapetininga têm que andar de ônibus escolar em pé

07/02/2019 0 Por Notícias Portal InterBuss

Alguns moradores de Itapetininga (SP) flagraram pela segunda vez, desde quarta-feira (6), estudantes em transportes escolares lotados. Alguns alunos viajavam em pé.

Nas imagens enviadas à reportagem da TV TEM é possível ver o momento em que os alunos se aproximam do ônibus, que ainda está em movimento. Em seguida, os estudantes se espremem em frente à porta e há confusão para ver quem consegue entrar primeiro.

Alguns dos alunos precisam ficar em pé, ao lado do motorista, ou sentado nos degraus do ônibus devido à falta de espaço.

Na quarta-feira (6), a reportagem da TV TEM mostrou a dificuldade dos estudantes, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, que pegavam o ônibus na esquina das Ruas Antônio Tavares da Rosa com a João Carvalho, no Jardim Casa Grande.

A prefeitura de Itapetininga informou que apurou a denúncia e que constatou que vários alunos que entraram no ônibus têm passe escolar e, portanto, não deveriam usar ônibus fretado. Esse seria o motivo da superlotação e do tumulto, já que alguns estudantes mostrados no vídeo não teriam autorização para usar aquele ônibus.

Ainda segundo a prefeitura, para usar esse ônibus, é necessária uma carteirinha, mas alguns estudantes que usam esse transporte não teriam feito o cadastro na Delegacia Regional de Ensino. Sem isso, a prefeitura afirma que fica difícil apurar a real demanda do transporte escolar.

A Secretaria da Educação de Itapetininga afirmou que irá notificar a empresa circular Nossa Senhora Aparecida, para que esse tipo de situação não se repita. A reportagem da TV TEM entrou em contato novamente com a prefeitura, para saber se é possível fiscalizar o local, mas não obteve retorno.

Na quarta-feira, a prefeitura tinha informado que, de acordo com um convênio firmado com o Governo Estadual e atendendo à solicitação da Derita, eventualmente é disponibilizado transporte para alunos do ensino fundamental do estado, do 6º ao 9º ano.

A Secretaria Estadual da Educação afirmou que pediu à prefeitura que as providências sejam tomadas, como a inclusão de mais um veículo para transporte dos alunos. No convênio firmado entre estado e prefeitura, os veículos e os motoristas contratados são de responsabilidade municipal.

A reportagem da TV TEM entrou em contato também com a empresa Nossa Senhora Aparecida, que afirmou que a prefeitura pediu à empresa mais ônibus.

O cadastro pode ser realizado na Derita, que fica na Rua São Marcos, número 100, no Jardim Paulista.

As informações são do G1.