Criança vai de encontro a ônibus e é atropelada em Mongaguá/SP

Criança vai de encontro a ônibus e é atropelada em Mongaguá/SP

03/10/2019 0 Por Notícias Portal InterBuss

Um menino de 11 anos ficou ferido após ser atropelado por um ônibus na tarde desta quarta-feira (2) no bairro Jussara, em Mongaguá, no litoral de São Paulo. Câmeras de monitoramento flagraram o momento exato do acidente, em que a criança corre com a bicicleta em direção ao veículo e o motorista tenta desviar.

Segundo a prefeitura, o veículo trafegava pela Avenida Jussara, na altura do numeral 2.080, quando o garoto, de bicicleta, surgiu de uma viela e cruzou a via repentinamente. Populares teriam relatado também que o motorista realizou uma manobra, evitando que o acidente tivesse maior gravidade.

Conforme apurado pelo G1, o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionado para fazer o socorro. Uma ambulância e uma motolância foram deslocadas para o chamado e socorreram o garoto e o motorista de ônibus, de 65 anos, que passou mal após a batida.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o garoto estava bastante agitado, mas consciente. Ele apresentava escoriações nos joelhos e cotovelos e queixava-se de dores na cabeça e costas. O motorista, por sua vez, diante do estresse do acidente, estava bastante nervoso e teve um quadro hipertensivo.

Os dois foram recolhidos à ambulância. O condutor foi encaminhado à UPA, onde recebeu atendimento, ficou em repouso e foi liberado. Já a criança foi removida ao Hospital Municipal Dra. Adoniran Correa Campos, onde permanece até o momento em observação, apresentando quadro estável. Ele recebeu os primeiros cuidados e avaliações, realizou exames clínicos e está aguardando os resultados para uma nova avaliação médica.

Em nota, a Ação Transportes, responsável pelo transporte coletivo, afirma prestar solidariedade à criança envolvida no acidente, bem como à sua família. Além disso, a empresa afirma lamentar o ocorrido e esclarece que a atitude do motorista evitou que o acidente fosse ainda mais grave.

Segundo a empresa, conforme mostram as imagens, o ônibus trafegava em baixa velocidade e, quando a criança inesperadamente surgiu na sua frente, vindo de uma rua transversal, o condutor desviou o máximo que era possível, com o intuito de não atingi-la ou, ao menos, minimizar o acidente.

As informações são do G1.