Sistema de Bilhetagem Eletrônica do DF passa a ser gerenciado pelo Banco de Brasília

Sistema de Bilhetagem Eletrônica do DF passa a ser gerenciado pelo Banco de Brasília

04/11/2019 0 Por Notícias Portal InterBuss

O Sistema de Bilhetagem Automática (SBA) do transporte público do Distrito Federal passa para as mãos do Banco de Brasília (BRB) nesta segunda-feira (04/11/2019). A nova gestão representa a tentativa do governo Ibaneis Rocha (MDB) em virar a página do serviço, historicamente marcado pela falta de eficiência, panes e fraudes milionárias, inclusive com o uso de nomes de pessoas mortas, conforme noticiado pelo Metrópoles.

Segundo o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, para melhorar a experiência do passageiro, o banco vai ampliar o número de pontos de venda e recarga dos cartões. Atualmente, existem 53 lojas. Nesta segunda-feira (04/11/2019), serão abertas 20 novas. Ou seja, a população terá acesso a 73 postos.

Além disso, cerca de 240 funcionários contratados pelo BRB Serviços irão trabalhar no atendimento à população. Parte da mão de obra responsável pelo antigo SBA foi recontratada para preservar a memória do serviço. Todas as lojas do extinto Transporte Urbano do DF (DFTrans) foram reformadas. Nos locais ainda em reformas, como Planaltina e Brazlândia, serão disponibilizadas vans de atendimento.

“Outra novidade a partir de segunda-feira vai ser a disponibilização de um aplicativo. Em um primeiro momento, o app vai permitir que o usuário consulte o saldo e o extrato”, antecipou Costa. A partir desta quarta-feira (06/11/2019), a ferramenta permitirá ao passageiro a recarga dos créditos do cartão.

O app emitirá o boleto de recarga e clientes do BRB poderão acessar o internet banking e concluir a transação com poucos cliques. Lotéricas, agências e internet banking de outros bancos também serão plataformas de pagamento. “É uma bela conveniência”, pontuou Paulo Henrique Costa.

“O aplicativo vai permitir que o usuário veja em quanto tempo o ônibus estará chegando à parada, via GPS, e trará informações sobre qual é o ponto de recarga mais próximo”, acrescentou.

As informações são do Metrópoles.