Ônibus urbanos de Paulínia/SP circulam com letreiros indicando bairros do Rio de Janeiro

Ônibus urbanos de Paulínia/SP circulam com letreiros indicando bairros do Rio de Janeiro

13/01/2020 0 Por Notícias Portal InterBuss

Ônibus de Paulínia (SP) circularam neste sábado (11) com nomes e números de linha de bairros da capital do Rio de Janeiro. A situação ocorre no primeiro dia de operação da Terra Auto Viação, nova empresa do transporte público na cidade. A prefeitura informou que notificou a companhia para adequar os letreiros e que todos estarão corretos no domingo (12).

Fotos foram enviadas para a EPTV, afiliada da TV Globo. Uma das imagens mostra o ônibus circulando pela Avenida José Paulino, esquina com Rua Pio XII. A inscrição do veículo mostrava a linha 693 – Cidade de Deus. O ônibus tinha, ainda, o número 102 impresso em papel para indicar a linha que percorria em Paulínia.

“O que eu vou fazer no Rio de Janeiro? Eu moro em Paulínia, não no Rio de Janeiro. Nossa Senhora, falei ‘gente o que é isso?’, só Deus. Estava em dúvida na hora que peguei o ônibus para subir”, comentou o estudante Wilian José de Lima, bem-humorado apesar da situação.

O assunto também ganhou as redes sociais. Uma página postou outra foto do coletivo e questionou, de forma irônica, a situação. “Será que o Zé Pequeno, Mané Galinha e Benê vieram pra Paulínia?”, em referência aos personagens do filme Cidade de Deus (2002).

“Estava com nome estranho, tudo com letreiro do Rio de Janeiro. A gente não entendia nada”, afirmou a balconista Isabel Rodrigues.

Em nota, a Prefeitura de Paulínia afirmou que está fiscalizando, desde a madrugada deste sábado, a operação da Terra Auto Viação. A empresa foi notificada para tomar as providências e cumprir com a proposta apresentada.

“A administração municipal lamenta os problemas ocorridos neste primeiro dia e reforça que está empenhada em oferecer aos munícipes um transporte público de qualidade”, apontou a prefeitura.

G1 enviou e-mail e tentou ligar para a empresa, mas não recebeu retorno até esta publicação.

Contrato emergencial

A prefeitura assinou, em dezembro de 2019, um contrato emergencial com a Terra Auto para operar o transporte por 180 dias.

A acordo ocorreu após o fim do contrato com a Flama, empresa que administrava o serviço. A prefeitura defendeu, na época, que o novo contrato geraria economia de R$ 1,9 milhão, já que o valor custeado pelos cofres públicos caiu R$ 1,85 para R$ 1,45 por passagem, enquanto a tarifa do transporte foi mantida em R$ 1 aos usuários.

A prefeitura acredita que o transporte terá melhora significativa a partir do no contrato. “Outro ganho que a população receberá é que 25% da frota terá ar-condicionado e a idade máxima dos veículos será de 8 anos, conforme proposta apresentada pela Terra Auto Viação”.

As informações são do G1.